segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Deixai vir a mim as criancinhas

Hoje foi dia de aniversário do infantário onde o Gui anda, a Carolina e o Tomás andaram e a Rita andará. A festa de aniversário é sempre celebrada com uma missa, que eu e a Teresa ajudamos a animar desde 2005, munidos da nossa razoável quilometragem em grupos de jovens católicos. A Carolina cantou o salmo pela primeira vez, eu toquei guitarra, a Teresa tocou flauta transversal, e o Tomás agarrou-me no telemóvel a meio da missa e começou a tirar fotografias.

Primeiro, documentou a família e o acontecimento. Cá está o pai concentradíssimo,


a mãe a tocar flauta em grande estilo (mais um olho da Carolina perdido no além),


e nem sequer falta o ambiente acolhedor da sala.


Mas às tantas o Tomás começou a aborrecer-se. E decidiu partir para uma abordagem mais criativa do que se estava a passar. E o resultado, registado pela câmara do meu telemóvel, foi este:






Isto é um pouco embaraçoso. Mas foi ou não foi Jesus que disse "deixai vir a mim as criancinhas, pois delas é o reino dos Céus"? Ora cá está.

4 comentários:

  1. Nada mau...ainda conseguiu aproveitar muitas fotos, tem jeito, o rapaz...

    ResponderEliminar
  2. É sempre tão bom vir a este blogue. Adorei a reportagem fotográfica!

    ResponderEliminar
  3. RECONFORTANTE! Obrigada. Um beijinho da Maria blogueira.

    ResponderEliminar